entenda: alguns esclarecimentos sobre como utilizar os serviços de advogado

olá pessoar,

(eu com minhas manias de “dicas”.. rsrs)

vim aqui esclarecer algumas coisas pra vcs que tem dúvidas sobre utilizar um advogado para obter um direito.

a respeito das custas do processo que vc irá mover: todo processo judicial custa, e custa caro… este encargo é do cidadão qualquer, como se fosse IPTU, IPVA etc. então, fácil entender que quem arca com este encargo é o cliente, nunca o advogado, pois o direito pretendido é a fonte, a razão da incidência do custo do processo.

outra coisa que intriga as pessoas é o seguinte: a contratação dos honorários pelo serviço NEM sempre será ao final e vinculada ao sucesso da demanda. os advogados, em alguns tipos de causas, combinam uma porcentagem daquilo que o cliente vier a receber (ex. trabalhista), só que isso NÃO impede de que seja combinado de outra forma. O advogado pode, por exemplo, combinar que o cliente lhe pague um certo valor de honorários já para propor a ação e independente do sucesso desta. O problema é que existem clientes que entendem que o advogado sempre tem que cobrar “ao final”, o que não é verdade.

tanto que o estatuto da oab diz que “salvo estipulação em contrário, um terço dos honorários é devido no início do serviço, outro terço até a decisão de primeira instância e o restante no final” (parágrafo 3º do artigo 22 da lei 8.906).

a terceira coisa a dizer é que vc deve confiar no advogado, se não confiar melhor nem entrar em seu escritório. daí ser importante vc notar a sinceridade deste profissional e sua reputação pública, de preferência com uma indicação de um conhecido. não vai entregando seu problema jurídico na mão de um distante, desconhecido ou esquisito advogado – só por que lhe disseram que compensa. confie no advogado, de preferência um que tenha escritório próximo, pra vc visitá-lo.

não caia na jogada do famosão advogado que tem escritório em são paulo ou paraná. não existem milagreiros quando o assunto é justiça – juízes. confie seu caso para quem vc conheça e trabalhe sério.

por último: diga ao advogado  a verdade. não pense que enganará inclusive o juiz. diga pro advogado, inclusive, que vc não quer entregar o caso a ele e que irá procurar outro. seja honesto.

boaa páscoa! que a gente volte bem melhor dela! rsrs

até mais ver! …

Anúncios