análise jogador por jogador – brasil e croácia

bom dia terráquios!

estou eu aqui, para comentar o jogo de abertura da copa do mundo! ueba.

é, não só vai ter copa, como teve copa e continua tendo copa! 0/

ontem o brazil jogou bonito, só que não.. vejamos passo a passo o desempenho de seus jogadores:

medo da porra
medo da porra

Goleiro Júlio César camisa 12, ou Cesinha para os amigos: penso não ter comprometido o time com sua atuação. fez defesa importante no chute no canto de modric do real madrid cara de rato, que foi no canto e rasteiro. considerando o campo molhado – ¬¬ pqp hein FIFA, este chute poderia mesmo ter sido gol. o único medo que me caguei todo foi o lance que o nosso querido japonês marcou falta de olic no cesinha, pois me lembrou a belíssima saída pelo alto de 2010 contra a holanda, cruzamento do “chinaider” rs. isto porquê, amigos, considerei que não foi falta! e não foi! observem que o jogador da camisa mais estranha do planeta pulou “costas com costas” com o goleiro e com a cabeça subiu mais alto que o mesmo antecipando la pelota. o que é totalmente válido neste esporte! não escorou no goleiro nem cabeceou suas mãos, mais sim a brazuca e de modo limpo. considero o victor mais seguro neste tipo de encaixe, pois o mesmo daria um soco na cola para a linha de fundo por cima do travessão. porra julio faz o simples e não encaixa essa bagaça, treinando mais o salto caramba. essa camisa 12 parece de reservão memu AHUEHUEE. nota que daria? 8,5.

dani

Lateral Direito Dani Alves, espanholizando o nome: olhem esta imagem, de que adianta ter a melhor zaga do mundo se eles vão ficar olhando petrificados um baixinho lateral entregar a rapadura e ferrar com a copa? é meu amigo, a zaga TAMBÉM É COMPOSTA DE LATERAIS, os quais não foram nada bem ontem. porque o daniel quase ferrou com a copa? porque não marcou corretamente o jogador olic quando este veio na avenida daniel alves e cruzou rasteiro para “ver o que vai dar”… e deu, uma furada inexplicável do camisa 9 da toalha de buteco que assustou o marcelo. se tem algum lateral para culpar neste gol é o daniel, não o marcelo que veio corretamente fazer sua cobertura. além do mais o daniel alves não subia para dar opção ao oscar e hulk. displicente ou a idade? não sei mesmo.. rs.. melhor maicon titular. nota que daria: 5,0.

thiago

Zagueiro Thiago Silva, le beiço man – Um grande zagueiro é aquele que não aparece no jogo, faz o super simples e deixa até eu que sou viciado em café e coca-cola extremamente zen. ao contrário do cabelera, thiago tem um passe mais tranquilo e menos apavorado. claro que david jogou bem rasgando lá de trás, mas thiago foi seguro nas poucas chances em que chamado a atuar. não teve culpa no gol contra de marcelo, porém não foi nem um pouco efetivo de cabeça no ataque. acho que o fato de chorar ao realizar o sonho justifica ser o capitão. nota: 8,5.

te enrabo
te enrabo
vem fiduaégua
vem fiduaégua

Zagueiro David Luiz da caverna – ele gosta de rasgar a bola pro alto com força, é um cara brigador, tendo falhado em afastar a bola no cruzamento que originou o gol do marcelo. claro que não esperava a resvalada/furada do centravante, mas isto não justifica. afinal o zagueiro tem que meter nem que for a bunda na bola para tirá-la. de todo modo foi o único a levar perigo de cabeça, e uma bola sozinho com o goleiro pra frente da croácia. neymar sacaneou-o ao recuar uma bola IMPENSÁVEL vtnc neymar. nota parecida com a do thiago, 8,7.

caraio man
caraio man

Lateral Marcelo cara de “o que eu fiz?” – coitado do cara, copa no seu país, técnico falando que já somos campeões etc. e tal, dilma assistindo, leonardo di caprio, brasil hexa por todo lado, ele campeão da liga dos champeons da europa com o real, tudo mil maravilhas, única seleção sem lesões………………….. aí o que acontece: gol contra. sempre gostei do futebol do marcelo, na minha opinião muito superior ao maxwell (máximo do bem) e de todo e qualquer jogador da posição na atualidade. fora o lance fatídico, marcelo fez a cobertura adequadamente e foi bem ao ataque, nota 7,5.

o cara de baiano sendo carinhoso com o camisa 10 deles hahaha
o cara de baiano sendo carinhoso com o camisa 10 deles hahaha

Luis Gustavo, que parece baiano de bigode. é o melhor da coisa toda, jogou muito. pensa num cara de voz grave e firme no desarme. hahahahah rimou. é do tipo de cara que nao aparece o jogo inteiro, sinal que jogou bem rsr. Manteve segura a frente da zaga, por isso sua nota fica no 8,5.

paulim tentando fazer alguma coisa aff
paulim tentando fazer alguma coisa aff

Paulinho – o volante. se tem uma peça de carro que realmente é definida neste time é o baiano e o paulinho, dois volantes. um de primeiro volante, marcador, cão de guarda e bla bla bla. e outro de segundo volante, armador, que faz a ligação com o ataque. sinceramente, o camisa 8 do brasil “fez o simples” neste jogo. não podemos dizer que foi destaque ou qualquer coisa assim, mas certamente deu bons passes rodando a bola no meio campo rsr. não me deixo influenciar pela sua partida contra o méxico, objeto de outro post.

nota ali perto do razoável: 7. obs.: pra mim o camisa 8 é meia, sendo que somente um volante está bom. esse negócio de encher o futebol mundial de volante é moda. eu mesmo ja joguei com a 8, sendo um “meia assessório ao 10 do time”. não me venham com mimimi.

neymar destro no pênalti
neymar destro no pênalti
neymar voador
neymar voador

O camisa 10 – Neymar – foi o segundo melhor da seleção, atrás apenas do mininu oscar, marcando um gol legítimo e um pênalti cagado. falar a verdade faz tempo que não vejo o neymar errar um pênalti, depois que o cidadão aprendeu a dar aquela girada e aqueles passes curtinhos pra ganhar tempo e tentar ver onde o goleiro vai. só que desta vez quase ele se fudeu, pq o goleiro da croácia pqp como era grande. o primeiro gol não, esse foi bacana, pois puxou pra perna esquerda e surpreendeu todo mundo que assistia – craque é assim! era pra tirar 9, mas como foi burro pra caralho idiota de levar o amarelo, fica com 8,6.

travaa garooto
travaa garooto
bico é chique
bico é chique
com fome
com fome
hulk magrelo, oscar nas horas vagas
hulk magrelo, oscar nas horas vagas

Oscar, o hulk magrelo – o oscar sempre me pareceu com falta de vitamina, o que é mentira porque a seleção e o chelsea tem dinheiro pra comida, nem que for uma carne cozida. mas nesse jogo ele deu mais carrinho que o luís gustavo, prova que tava com o cu piscando de medo de ficar na reserva do wilian hahahahahahah vai vendo o que a espn e sportv não fazem com seus comentaristas rsrs. fato é que o garoto marcou bem, foi o único a dar dribles visando ir pra lateral e área adversária, já que o neymar foi centralizando. além disto, fez um gol que deu garantia da vitória, porque o clima tava tenso. quero anotar aqui um apontamento: não fosse o nosso craque japonês juiz marcar o pênalti, a croácia nunca iria ter que ir pra cima e, portanto, não sairiam as duas linhas de 4 que foram armadas. esse é e sempre foi o problema do brasil: saber furar as malditas duas linhas de 4. mas como o pênalti veio e tal… aí oscar ficou contra apenas 2 (e não 8) croatas. nota 9 pro lek.

ja sentindo a coxa
ja sentindo a coxa
compõe o meio, volta pra marcar...
compõe o meio, volta pra marcar…

Hulk – o verdadeiro, a bunda ambulante. já escrevi um post dedicado aos glúteos famosos dessa figura, o que não me interessa na verdade. tromba, toca, tromba, chuta, tromba, protege, tromba, faz a parede e tromba, ganha o escanteio. tá aí o resumo do jogo desta nobre peça do time. não é craque, não é goleador, não resolve, mas vc sente a diferença se tira do time. ganhou a confiança do país, pois todo mundo ficava besta com a sua ruindade, ô homi horrível, grosso! mas hoje já aceitamos sua importância tática, parece que já sentia a tal coxa, nota do razoável, 7.

CAIU E EXIGIU
CAIU E EXIGIU

fred, odiado. pensa num cara que ninguém perdoa. pensou? pronto, agora multiplica anos-luz isso ae. esse é o fred. pra começar ele joga num time que não paga a série B. não tem o porque um cara desses jogar num time mais ou menos do rio que não tem libertadores… enfim. pessoas, prestem atenção: NÃO TEM COMO CENTRAVANTE NENHUM jogar bem enfiado no meio de duas linhas de 4. pra isso ocorrer, pra ele jogar bem, precisaria de todo o time se movimentar para deslocar pelo menos um zagueiro e um volante da redondeza. senão ele nem rela na bola, pois é óbvio que é preferível o jogo pelas laterais do campo. quanto ao pênalti: a fifa disse que não iria tolerar o tal AGARRA AGARRA. nota do razoável. 7 meu fio!

nada que mudasse o jogo
nada que mudasse o jogo

3 substituições: Hernandes no lugar do paulim, bernard alegria nas pernas no lugar do bunda e ramirez no lugar do lek neymar. ramirez não é brilhante como na época em que fez aquele épico gol pelo chelsea na champs contra o barcelona, hernandes só é diferente quanto acerta um chutaço de fora da área, o que não houve. apenas a se destacar bernard, que deu muito mais movimentação no lugar da trombação sem tamanho do hulk. nada que talvez justifique que o coutinho não fosse pra copa. nota 7 pros 3.

fodão
fodão
aprende com 5 estrelas lek
aprende com 5 estrelas lek

time adversário – técnico otário. o time da croácia é basicamente modric, rakitic, olic e mandzukic. nenhum deles fez diferença, lembrando que o último estava suspenso. o mais legal foi ver o técnico calar a boca, porque ele achava que a croácia era fodona. enfim, se fossem tao bons, teriam visto que é RIDÍCULO AQUELE QUADRICULADO DE MESA DE PICNIC. ponto final. nota 5 pra eles.

Melhores momentos: http://globotv.globo.com/rede-globo/copa-do-mundo-2014/v/melhores-momentos-brasil-3-x-1-croacia-pela-1a-rodada-do-grupo-a-da-copa-do-mundo-2014/3413485/

e é isso, molekes ousadus que me leiem todo santo dia……. o jogo foi bom apesar das cornetas. o brasil sempre tem que golear neé? se quiserem, podem dar uma olhada no PAVOROSO time do mano menezes, que inclusive tinha uns caras que eu achava massa, tipo o danilo na lateral, aqui nesse link: https://diegotofoli.wordpress.com/2012/06/04/analise-jogador-por-jogador-do-brasil-azos-a-derrota-para-o-mexico/

quando der publico a análise jogador por jogador contra o méxico, na segunda rodada do grupo A. abraçus!

quero iogurte! clássico dos alvinegros..

olá pessoas!

devo confessar que sou mesmo fã deste alimento, seja lá quem o inventou, menos na forma “turca” rsrs…

é algo que faz parte de mim já, desde a hora que levanto…

não me retirem isto, seja em que dieta for..

neste final de semana assisti um empolgante clássico paulista, o midiático santos contra o assassino corinthians rsrs..

midiático porque cada salto do neymar é um flash, sem contar as faltas à la cristiano ronaldo do kid bengala (assunção) e o montillo correria.. só correria mesmo..

o corinthians veio descaradamente pro empate! até o renato augusto, ex-pretendido do santos, provou isso ao errar um gol típico de emerson.. kkk

o cássio buscou uma bola na gaveta do assunção, ah se fosse o carequinha.. tinha levado!

o negócio é que, na hora do vamo ver, acredito ainda que o santos seja superior.. sinto cheiro do tetra..

se ele não vir, paciência: já temos um título este ano. tá aí o giva que não deixa mentir! dá-lhe copinha 2013!

analisando o corinthians vi: um renato augusto bem melhor que danilo e douglas, um guerreiro tremendamente melhor que emerson furmiguinha e o pato gordinho..

o certo é que o tite não perdeu a titebilidade: empatar a todo custo pra não perder o tal “invicto”, mais ainda sou mais tihuana!

a camiseta cinza do corinthians é tremendamente feia, ganhou até da azul calcinha do santos!

e viva o neto, que só comentava o time de Itaquera o jogo inteiro..

abraço!

O Santos será tetra, ou hendeicosacampeão?

Olá pessoal,
 
copiei o post abaixo do Blog do Odir, um santista fanático, assim como eu.
 
leia que maravilha!
 
Hoje vou falar um pouco de semântica… Que diabo é isso? É o ramo da linguística que estuda o significado das palavras. E por que falarei sobre semântica em um blog de futebol voltado a santistas? Por que, por incrível que pareça, o uso errado das palavras muda conceitos e currículos no futebol. Por exemplo: o Brasil não é pentacampeão mundial, mas é cinco vezes campeão do mundo, o que não é a mesma coisa.

Bicampeão, tricampeão, tetracampeão, pentacampeão são termos que se referem a títulos seguidos. Erroneamente passaram a ser usados, por nossa imprensa esportiva, para designar a quantidade de títulos de um time em uma competição, sejam eles ininterruptos ou não. A Seleção Brasileira passou a ser pentacampeã e o Santos, oito vezes campeão brasileiro, é clamado de octa, mas não é o correto.

Consulte agora mesmo o dicionário Priberam – http://www.priberam.pt/dlpo/ – e constate que tricampeão é “o que é campeão pela terceira vez seguida, numa competição ou campeonato”.

O Brasil seria tricampeão mundial se conquistasse o título da Copa de 1966, na Inglaterra, mas já não o foi quando se tornou campeão no México, em 1970. Porém, a imprensa ufanista verde-amarela-cor de anil chamou a vitória no México de tri e ficou o tri.

Digo isso porque agora o Campeonato Paulista está nos dando a oportunidade de recolocar as palavras nos trilhos e nos significados corretos. Se vencer novamente o Santos será o primeiro tetracampeão paulista da era profissional, iniciada há 80 anos. Na quantidade de títulos, porém, terá 21, o que significaria ser hendeicosacampeão se as conquistas fossem consecutivas.

Dá pra imaginar a torcida gritando HEN-DEI-CO-SA-CAM-PEÃO!? Veja aonde a ignorância lingüística da imprensa esportiva poderá nos levar… Como dificilmente algum time será tantas vezes campeão seguidamente, o máximo que o torcedor terá de saber é que nove vezes é eneacampeão, dez vezes é decacampeão e acho que por aí já está bom (mas, se quiser, eu tenho a lista completa).

Bem, é oportuno lembrar que algumas palavras, de tanto usadas equivocadamente, e por tanta gente, acabaram sendo toleradas pelos dicionários. Assim, a dolorosa “perca”, pronunciada pelos mecânicos para avisar que seu carro está destruído (“perca total doutor”); ou a sibililante salchicha, apesar de não recomendadas, já podem ser utilizadas no lugar de perda e salsicha.

Quem é bi, tri ou penta no Brasil?

Assim, quando se fala em Campeonato Paulista, os únicos tricampeões no profissionalismo foram o Santos (três vezes), o Corinthians, uma vez, e o Palmeiras, uma vez (como começou em 1932, ainda no regime amador, e terminou em 1934, no profissionalismo, pode-se dizer que o Palestra tem um tri mezzo mussarela e mezzo calabreza). Na era do amadorismo o Paulistano tem um tetra e um tri, o Corinthians tem dois tris e o São Paulo Athletic, o Spac, tem um tri.

Quanto nos referirmos a títulos brasileiros, o único time a ir além do tri foi o Santos, pentacampeão nacional de 1961 a 1965. O São Paulo sagrou-se tricampeão em 2006/07/08.

Com relação à Copa Libertadores da América, os únicos brasileiros bicampeões são o Santos, em 1962 e 1963, e o São Paulo, em 1992 e 1993. Nos mesmos anos de 1962/63 e 1992/93 Santos e São Paulo também se sagraram os exclusivos clubes brasileiros bicampeões mundiais.

Bem, esta é a verdade das palavras que representam títulos consecutivos. O resto, como diria aquele folclórico dirigente, “é tudo invenção da mídia”. Ah, uma última dica: coloque um dicionário virtual na sua barra de favoritos e o consulte sempre que tiver dúvidas sobre uma palavra (às vezes é bom consultar até quando a gente acha que não tem dúvidas). Esse Priberam é bom e gratuito. Adote-o: http://www.priberam.pt/dlpo/

E você, acha que o Santos será tetra, ou hendeicosacampeão?