post de madrugada – cadê vc meu fio? [human, the killers]

escrever

10 de janeiro, 0h52min,

oii!

só pode ser extrema preguiça e o desejo de confrontar os parâmetros sociais, eis me aqui novamente 01h12min.

não que faça bem pro meu corpo, mas pode ser que faça à mente. faz nada!

13 de janeiro, 23h28min,

160 vídeos na playlist, 160 porta dos fundos.

já disse que acho dormir uma perda ou perca ou perda ou perca de tempo?

eu apenas apago, é.. é mesmo, e pago. queria tanto ver o sol nascer? porque ele não me avisa e quando eu acordo ele já nasceu?

vi uma reportagem sobre disciplina em sala de aula, dizendo que feliz ou infelizmente o ambiente super flexível não é fértil…

regra geral! diz que é, pelo amooor de deus diz que existem exceções e que eu possa ser uma delas!!!! diz?

diz que havendo prazer, havendo alegria, havendo intimidade de cada um com o conhecimento ele vem na balbúrdia? por f a v o r r r r…

me vejo crendo na possível evolução, mesmo que eu procure deixar confortável o dia da minha aula.

no entanto, como bem falava a reportagem… a minha liberdade termina quando começa a liberdade do outro, que está achando bacana aprender e está querendo ouvir e pensar.

eu não gosto da palavra disciplina, gosto da palavra calma… com calma, tudo com calma.

velho, não era isso que queria falar quando peguei pra postar, puutz.

queria muito falar sobre trairagem, queria falar sobre as mulecage, queria falar sobre as brincanage… rs

queria falar de tanta coisa, queria ouvir.. queria ouvir tbm! ouvir o que tem a dizer!

a sociedade é tão legal, mas tão legal! as pessoas passam com seus carrinhos de ostentação. dizem bom dia dizem boa tarde. não se falam. amigos de longa data não se falam, celulares não marcam mais encontros, não se encontra mais ninguém sem querer. o que há é um jogo de poder.

todos tem uma parcela de poder, eu tenho a minha vc tem a sua, quem não tem o poder que quer continua querendo, por mínimo que seja o fiapo dele. quando se fala que poucos são amigos de verdade, vulgarizamos o termo “verdade”.

“A porta da verdade estava aberta, mas só deixava passar meia pessoa de cada vez.

Assim não era possível atingir toda a verdade, porque a meia pessoa que entrava só trazia o perfil de meia verdade. E sua segunda metade voltava igualmente com meio perfil. E os meios perfis não coincidiam.

Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta. Chegaram ao lugar luminoso onde a verdade esplendia seus fogos. Era dividida em metades diferentes uma da outra.

Chegou-se a discutir qual a metade mais bela. Nenhuma das duas era totalmente bela. E carecia optar. Cada um optou conforme seu capricho, sua ilusão, sua miopia.”

– Carlão.

http://www.youtube.com/watch?v=fV4DiAyExN0

queria poder ouvir com calma tanta gente, sabe? saber bem mais do que eu nelas vejo, ouvir seus medos, entender seus sonhos. se divertir talvez já nos divertimos, rir já rimos, muitas brigas foram causadas. mal entendidos, ciladas, armadilhas tudo isso existiu, mas alguma razão houve, alguma coisa há que não foi falada, muito menos ouvida, coisas que se fala com gestos.

nunca terei esta oportunidade, nunca uma escolha se poderá se desfazer. mas também, pudera, sempre estive aqui também e ninguém, ninguém, ou quase ninguém pra não ser injusto com alguém que não me lembro, ninguém quis me ouvir a fundo também.

o mundo gira e não nos avisam quando nascemos, espero que faça sentido periodicamente, que possa olhar pra trás e entender o que foi aquilo que ocorreu.

e olha, sinceramente, me desejaram um feliz ano novo! tentaram dizer “no geraaal” né.. no geral, um feliz e feliz ano. novo ano, com novos 12 meses, prontos para fazer tudo diferente, do mesmo jeitinho.

 

 

 

 

 

 

 

 

seja lá por que deus quer, mas estou muito triste às 01h35min.

Anúncios

cd do “the killers”

olá,
estou aqui, cansado após um dia de seletivas na uems, para indicar um bom som…
som este que me surpreendeu!
andei baixando alguns cds e deixando pra sei lá quando ouvi-los..
e um deles cliquei estes dias..
não ouvi direito e não achei nada de mais.
mais esta semana tornei a clicá-lo nos fones, desta vez percebendo a grandeza do trabalho.
grande!
perfeito!
banda: the killers.
cd “battle born”.. IMPONENTE do começo ao fim.
não peço que ouça, suplico que o faça.. sério.
é um som que descansa, que envolve que faz imaginar…
uma boa noite pra vc!